Com 100 pontos instalados, alunos contam com internet e equipamentos para acesso on-line aos conteúdos

07/08/17


A UNIVESP (Universidade Virtual do Estado de São Paulo) assinou, nesta segunda-feira (7/8),  convênios com 38 prefeituras paulistas para instalação de polos da instituição. Com isso, a universidade completa 100 pontos em 63 cidades do Estado.

“Hoje é um dia histórico. Estamos criando mais de 16 mil vagas no ensino superior gratuito aqui em São Paulo. Com o vestibular, nós chegamos a mais de 60 municípios do Estado, por meio do apoio dos professores das melhores universidades, como USP, Unesp, Unicamp e Centro Paula Souza. São 100 polos no Estado. Na capital, temos 33 polos, com seis mil alunos”, comemorou o Governado Geraldo Alckmin, que salientou a inclusão de alunos provenientes do ensino público.

“Destaco que 85% dos estudantes são de escola pública. São Paulo não deixa ninguém para trás, levando ensino universitário, de qualidade, gratuito e a distância. O aluno faz o seu horário e estuda pela internet, com material pedagógico bem elaborado”, afirmou.

Os polos são espaços físicos nos municípios. Eles oferecem a infraestrutura necessária (computadores, impressoras e acesso à internet) para o estudante participar das atividades da universidade como provas, discussões em grupo e dos trabalhos orientados por tutores. 

Nesses locais, também é possível solicitar serviços de secretaria acadêmica, assim como tirar suas dúvidas sobre o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), plataforma digital utilizada pelos estudantes para desenvolver as atividades acadêmicas, que incluem as videoaulas e o acesso ao material didático, bibliografia e sistema para sanar dúvidas com os tutores.