logotipo da Univesp

Saiu a lista de aprovados! Confira aqui se seu nome consta da lista e corra para fazer sua
matrícula, não deixe para a última hora!

A matrícula será realizada no Polo de inscrição (confirme aqui os endereços) ou na segunda opção. Documentos exigidos para fazer sua Matrícula:

  • Uma foto 3X4 recente
  • Certificado de conclusão do ensino médio e histórico escolar do ensino médio. (Preferencialmente cópia autenticada ou cópia simples acompanhada do original para validação da cópia no Polo).
  • Documento de identidade (RG ou RNE para estrangeiros). Cópia simples acompanhada da original. Não serão aceitos outros documentos.
  • Cadastro de pessoa física (CPF). Cópia simples. O CPF poderá ser substituído pelo RG, quando nele constar o número do CPF ou pela Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
  • Título de eleitor, para brasileiros maiores de 18 anos, com a certidão de quitação eleitoral.
  • Prova de estar em dia com as suas obrigações militares, para brasileiro do sexo masculino, que completa 18 (dezoito) anos ou 45 (quarenta e cinco) anos de idade entre 1 de janeiro e 31 de dezembro do ano da matrícula. Cópia simples do Certificado de Alistamento, nos limites da validade, Certificado de Reservista, Certificado de Isenção ou Certificado de Dispensa de Incorporação.



1: A Secretaria dos Polos Univesp não realizará, em hipótese alguma, a matrícula do candidato convocado cuja documentação estiver incompleta, colocando a respectiva vaga à disposição dos próximos classificados.

2: É de inteira responsabilidade do candidato convocado para matrícula o comparecimento ao Polo Univesp em que vai estudar, no horário das 11 horas às 21 horas e levando todos os documentos necessários.

3: Não será aceita apresentação de Boletim de Ocorrência para a dispensa da apresentação dos documentos para efetivação da matrícula.

4: Não serão aceitos documentos de responsáveis para substituir os documentos dos candidatos como, por exemplo, CPF do pai ou mãe.

5: Candidato matriculado em cursos superior de outra instituição pública deverá apresentar documento comprobatório da desistência da primeira matrícula. As penalidades para esse descumprimento estão previstas na Lei nº 12.089 de 11 de novembro de 2009.

6: O candidato que se valer dos benefícios dispostos no Artigo 17, conforme o declarado, deverá apresentar no ato da matrícula, os documentos comprobatórios, a saber:

  • Quanto a condição de PPI, a declaração de próprio punho, conforme modelo no anexo VI, aos que se autodeclarem Preto ou Pardo e a Certidão de Registro Administrativo expedida pela FUNAI, aos que declararem ser Índio
  • Quanto a condição de escolaridade pública, o histórico escolar que demonstre escolaridade pública no ensino médio.
  • A falta de comprovação implicará na desclassificação sumária do candidato deste Processo Seletivo Vestibular, independentemente de sua classificação, com ou sem a bonificação.

7: Não serão aceitos históricos, certificados e/ou diplomas de nível superior, tampouco carteiras de órgãos de registro de categoria (COREN, CREA etc.) para comprovação da conclusão do ensino médio.

8: O candidato que fez o Enem e obteve o certificado ou declaração de proficiência do Ensino Médio poderá utilizar este documento em substituição ao Certificado e Histórico Escolar do Ensino Médio. A certificação não é emitida pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), mas sim pelas Secretarias Estaduais de Educação e pelos Institutos Federais, devidamente cadastrados para tal fim (Portaria Nº 144, de 24 de maio de 2012). O candidato que cursou EJA, ENCEJA ou curso equivalente ao Ensino Médio obrigatoriamente deverá apresentar o certificado de conclusão e o histórico escolar correspondente.

9: O candidato com estudos realizados no exterior, equivalentes ao Ensino Médio, em parte ou completo, deverá apresentar parecer de equivalência de estudos emitido pela Secretaria Estadual de Educação.

10: Alguns históricos escolares já contém o certificado de conclusão do Ensino Médio.

11: O menor de 18 anos deverá apresentar o documento mencionado no inciso IV e V deste artigo, em até 6 (seis) meses da data de realização da matrícula.

12: Não serão aceitos, em hipótese alguma, documentos por via postal, por e-mail, via fax ou fora do prazo.

13: Para a efetivação da matrícula o candidato estrangeiro precisará portar visto de estudante ou outro visto que permita o estudo, devidamente registrado no Ministério da Justiça, de acordo com o artigo 30 do Estatuto do Estrangeiro (Lei nº 6.815, de 19/08/1980, com as alterações da Lei nº 6.964, de 09/12/1981).

14: Se impossibilitado de comparecer para realizar a matrícula, o candidato poderá indicar um representante portando uma procuração específica com firma reconhecida em cartório para o ato de matrícula e para as assinaturas de declarações, juntamente com os documentos exigidos do processo, e apresentação da cédula de identidade do procurador, na seguinte conformidade:

a) Por instrumento particular, se o candidato for maior de 18 anos.

  • Por instrumento público e com assistência de um dos pais ou do responsável legal, se o candidato for menor de 18 anos.
  • Por instrumento particular, se o candidato for menor de 18 anos e seu procurador for um dos pais ou seu responsável legal.
  • A Univesp não se responsabilizará por eventuais erros cometidos no preenchimento do requerimento de matrícula. A declaração de próprio punho, conforme modelo no anexo VI, quando da condição de PPI não poderá ser feita por procurador, seguindo a forma do parágrafo 1º deste artigo.


Artigo 21 - O candidato que, dentro do prazo destinado à matrícula, não apresentar a foto e os documentos citados no artigo anterior, não poderá matricular-se na Univesp e as notas ou a classificação a ele atribuídas no exame deste Processo Seletivo Vestibular não terão qualquer valor. Desta forma, o candidato perderá o direito à vaga e não será incluído em quaisquer outras listas que, porventura, sejam divulgadas.


MANUAL DO CANDIDATO
(última atualização: 15/02/2018)

Univesp e Unicamp assinam convênio para a produção de cursos a distância

12/04/18

Univesp e Unicamp assinam convênio para a produção de cursos a distância

Material multimídia produzido será utilizado nas disciplinas e atividades acadêmicas de alunos da graduação e pós-graduação das universidades; após assinatura, a presidente da Univesp visitou a Inova, agência de Inovação da Unicamp

Univesp e Unesp assinam convênio voltado à expansão do ensino superior a distância em SP

11/04/18

Univesp e Unesp assinam convênio voltado à expansão do ensino superior a distância em SP

Termo prevê a cooperação das universidades na produção das aulas da UNIVESP, além de análise dos projetos pedagógicos com a participação conjunta de professores das instituições